As fotos do DVD não ficaram boas?

Veja se é possível recuperar fotos que não deram certo na gravação

Mauricio Antonio
Fotos Estúdio / Mauricio Antonio

A escolha do profissional é importante para evitar este problema.
Sempre falo que cada fotógrafo tem de se especializar em uma área. Por exemplo, contratar um profissional do ramo de casamento pode deixar o artista sem o material adequado para a capa do seu disco. Fotografar gravações é muito específico, pois a luz alterna o tempo todo e o artista se movimenta exigindo configurações apropriadas e bem diferentes, no caso – de um casamento. Um outro problema comum é a baixa luminosidade que é necessária para evidenciar detalhes do cenário.

Mauricio Antonio 1
Foto Estúdio / Mauricio Atonio

Muitas imagens podem ser recuperadas na pós produção, mas nem sempre isso é possível. Já fiz muitos ensaios simulando o ‘ao vivo’, como na foto acima, para que artistas pudessem ter um bom material de trabalho. É muito comum também, fotografarmos na gravação e, no mesmo dia, com o mesmo figurino, fazermos as fotos em estúdio, pois surgem muitos infortúnios: cabelo perde o corte com o calor no ambiente; suor marca as roupas e prejudica a maquiagem; além das condições de espaço desfavoráveis para o fotógrafo fazer um bom trabalho;

Mauricio Antonio
Foto Estúdio / Mauricio Antonio

Nossa maior estratégia é um método bastante eficiente que desenvolvemos para trabalhar com o artista para que as fotos fiquem o mais próximo da realidade.

O Que é importante fazer então?

  • O mesmo figurino precisa estar disponível;
  • Instrumentos que o artista usará na gravação devem estar disponíveis;
  • Se possível a mesma maquiadora;
  • O artista não é modelo. Ele precisa ser dirigido. Descubra seus pontos fortes e fracos;
  • Para a iluminação frontal, a temperatura da luz deve ser a mesma usada pelo diretor de fotografia do DVD;
  • As luzes de recorte podem ter o auxilio de gelatinas de cor;
  • Aproxime o máximo a velocidade e aberturas usadas no DVD;

Essas, e outras dicas, além de estratégias de direção do artista e posicionamento da luz, você poderá ter participando dos nosso cursos. Entre em contato para mais informações de nossa agenda.

Abraços,

Mauricio Antonio ®
Photographer
Instagram @escritorioma

 

Bela e Provocante

Fotos: Mauricio Antonio Edição de imagens: Carla Oliveira

A neta do Seu Baltazar. Um brasiliense que não largava a viola e a sanfona. Começou o gosto pela música aos quatro anos de idade em Brasília, sua terra natal. Apesar de tranquila, Allana transmite que tem uma personalidade forte, principalmente quando está nos palcos. Eu diria que é uma artista com grande capacidade de conduzir o público.
Há onze anos trabalho com música e sempre percebi que o cenário não aceitava facilmente a mulher no estilo sertanejo. A negação era compartilhada por homens e mulheres, mas isso mudou. E muito. Elas buscam seu espaço e respeito, e olhar para alguém que valoriza sua luta tem sido uma mola propulsora na carreira feminina.


A impressão que tenho é que a Allana está sabendo aproveitar bem isso. Segunda ela, a música “Direitos Iguais” vem como bomba e provoca a hegemonia masculina defendendo a independência e individualidade da mulher. Ela, que está batendo a marca de 10 milhões de visualizações em seu no canal no Youtube, promete muito mais. Além de bela e dona de uma voz marcante, deixa uma forte assinatura como compositora também.

Se alguns pensaram que o momento das mulheres era passageiro, deve repensar, pois no jogo: Brutos versos femininos, o mercado sertanejo pode esperar mais, pois elas escondem boas cartas na manga ainda.